Cirurgia de Catarata

A Catarata é uma opacificação da lente natural do olho (cristalino), seu único tratamento é cirúrgico feito através da Facoemulsificação que consiste na quebra da Catarata e aspiração da mesma por ultrassom. A abertura do olho para relaizar a cirurgia atualmente é muito pquena que vai de 1,8 mm a 2,4 mm, sendo a grande maioria sem pontos no final da cirurgia. Após a remoção da Catarata implantamos a lente intra-ocular.

Atualmente existe uma ampla opção de lentes intra-oculares  sendo Monofocais, Esféricas, Asféricas e as chamadas lentes premium, que são bifocais e trifocais e tóricas, diminuindo a dependência do uso de óculos ou até a independência do mesmo para visão de longe, intermediária e perto, de acordo com a lente a ser implantada.

A Anestesia pode ser feita com colírios anestésicos e sedação leve ou bloqueio ocular, sendo a grande maioria realizada com anestesia tópica (colírio anestésico).

Após a recuperação da sedação, o paciente retorna ao mesmo dia para casa com medicamentos pós operatórios, colírios de antibióticos, anti inflamatórios e lubrificantes. Como qualquer cirurgia existem os riscos cirúrgicos em específico na cirurgia de catarata pode ocorrer infecção, edema macular cistóide, descompensação da córnea, perda vítrea e opacificação da cápsula posterior, por isso a importância de uma boa avaliação pré operatória, cuidados intra e pós operatórios. Atualmente existe o laser de fentosegundo para cirurgia de catarata, o mesmo realiza algumas etapas da cirurgia, mas a retirada é feita através da Facoemulsificação.

Os resultados refrativos dependem de uma boa avaliação pré operatória, biometria, avaliação do astigmatismo, avaliação das células endoteliais (células da córnea), filme lacrimal (qualidade da lágrima), Aberração óptica e a partir destas avaliações o médico define qual lente deve ser implantada.

 

About The Author

marcustabox

No Comments

Leave a Reply